Artigos, Viagens, Vídeos

Visual novo

07/06/2016 • 1 Comentário

Oi gente, tudo bem?

Já faz um bom tempo que apareci por aqui pra conversar ou contar algo pra vocês, mas hoje trago finalmente a novidade que vim guardando por esse tempo todo! Em março desse ano, dei início a um grande aprendizado sobre design, web, blogs e etc. Ainda sei pouquíssimo sobre esses assuntos, mas foi com a paciência e simpatia de duas meninas incríveis que o blog ficou do jeitinho que ele está hoje e que fui conhecendo um pouco mais sobre essas áreas.

O que vocês acharam dessa nova mudança? Mal podia esperar por esse dia para que vocês todos pudessem ver comigo de pertinho tudo que está de cara nova! Graças à Thais, e a Mari, o MsVoyage virou um cantinho que me representa muito e que me dá orgulho de chamar de meu. Espero que vocês gostem tanto quanto eu e possam me acompanhar agora, em um espaço mais clean e organizado 🙂 Fiquem à vontade para navegar nos novos links, me mandar sugestões e como sempre, viajar comigo por aí. Pra quem estava com saudades, logo começo a aparecer mais por aqui e prometo me comprometer a posts novos toda a semana! Afinal, adoro levar vocês comigo nas minhas viagens e interagir nas redes sociais. Abaixo, deixo o último blog que fiz, onde levo vocês todos a Paris <3

beijos, Fernanda
1 Comentário
Viagens

Xangai, China

24/11/2015 • 6 Comentários

Das cidades que visitei na China (Xangai, Cantão (Guangzhou) e Pequim), Xangai foi de longe a que me conquistou. A cidade além de ser mais organizada e mais limpa comparada com as outras, é o berço de cores vivas e exuberantes, além de possuir um ar mais puro.

IMG_3507

É um pouco triste dizer que a atmosfera na China é extremamente poluída, mas infelizmente é verdade, pelo menos nas três cidades que visitei. Fiquei um pouco chocada quando fui a Pequim pela primeira vez e respirei o “ar puro” de lá. Quando fico dentro da aeronave por tanto tempo trabalhando, a primeira coisa que quero quando chego no hotel, é geralmente vestir uma roupa e pegar um pouco de ar. Não me entendam mal, a China é um dos meus queridinhos para visitar, mas infelizmente o ar de lá não é uma coisa que me agrada.

Atmosferas a parte, Xangai é uma cidade lindíssima e cheia de pontos turísticos para explorar! Além dos templos devidamente preservados e cuidados, encontramos prédios futurísticos e repleto de luzes como a Pearl Tower.

IMG_3432

Tenho um certo carinho especial por essa cidade uma vez que foi um dos meus primeiros layovers*. De Dubai para lá, leva em torno de 9 horas (pelo que me lembro) e apesar de já ter visitado outras vezes, é sempre um dos meus destinos “queridos”, rs.

Quando chegamos ao hotel (que é incrível), eu e mais alguns tripulantes fomos direto caminhar ao redor para encontrar algum restaurante onde poderíamos comer. Embora o inglês seja uma língua universal, nunca espere que todos irão falar a língua seja qual o país que você for, o que é o caso da China. Chineses que falam inglês, você só encontra em lugares de compras, pois eles estão tão acostumados com estrangeiros (turistas de montão) que o inglês apesar de não ser fluente, desenvolve-se muito bem.


IMG_3416
IMG_3417
IMG_3419

Finalmente sentamos em um restaurante onde nos sentimos confortável. Usamos as imagens no menu (e as traduções um pouco estranhas mas compreensíveis) para pedir a comida. A minha dica na china é: Sempre mantenham uma foto do que querem pedir no telefone. Por exemplo, quer pedir uma coca-cola? Tenha o print de uma coca no rolo da câmera. Quer perguntar aonde fica o metrô? Lembre-se de baixar a foto de um trem ou metrô antes de sair do hotel (ou local onde tiver internet disponível) e quando for precisar perguntar para alguém, você so precisa apontar para a imagem 😉

Nem sempre os menus dos restaurantes estarão em inglês. Geralmente em áreas de hotel ou onde é esperado que tenha bastante turistas é possível encontrar uma tradução de google, mas viável. Em qualquer outro lugar, só em Mandarim.

Leia mais

beijos, Fernanda
6 Comentários
Viagens

Singapura

19/07/2015 • 5 Comentários
A beira de completar 2 anos de empresa, eu finalmente consegui ver na minha escala, a sigla SIN. E o melhor: Com o Beto! Voar com os amigos é maravilhoso, mas voar com seu melhor amigo para um destino maravilhoso, é melhor ainda!
Desde antes de visitar essa cidade maravilhosa, eu já colecionava elogios toda vez que alguém a mencionava. “Cidade lindíssima!”, “Meu layover foi maravilhoso!”, “Passei a pedir esse voo quase que direto!”. Tudo bem que, quando se fala de Ásia, suspeitem. Suspeitem MUITO de mim! Uma grande parte do meu coração pertence à esse continente fabuloso e cheio de surpresas.
A primeira vez que ouvi falar de Singapura, acreditem se quiser, foi em Piratas do Caribe! Fiquei super curiosa sobre o país e fui dar uma leve pesquisada no google. Ir para lá, foi mais uma das grandes façanhas que meu trabalho me deu.

A população de Singapura é mercada pela descendência Chinesa, mas pelas ruas é possível perceber três grandes traços marcantes: Árabes, chineses e a indianos. A cidade-país também é conhecida pelo monte de multas. Sim, MULTAS! Você pode ser multado em Singapura, por jogar lixo no chão, fazer xixi nas calçadas e esquinas, atravessar a rua fora da faixa de pedestres (…) A lista é tão grande que inclusive encontramos souvenirs satirizando a ideia. O lado bom de tudo isso, é que a cidade se mantém limpa e as pessoas respeitam umas as outras (não pode comer e beber em transportes públicos, por exemplo).
Quando cheguei em Singapura com o Beto, demos uma pequena passeada pelas redondezas por já ser final de tarde. Deu tempo de passar em frente ao famoso hotel em forma de navio (Marina Bay Sands Skypark) e visitar os Jardins que parecem inspirados no filme do avatar (Jardins da Baía). Quem me acompanha lá no snap (nandawho) viu tudo que fiz de pertinho!

Percebi que as pessoas de Singapura curtem muito uma cafeteria chamada “Toast Box”. Tem por toda cidade e é um daqueles “MUST” que todo mundo deve experimentar. Como o próprio nome já diz, a especialidade são torradas (o lugar é o preferido de todos para o café-da-manhã), mas eles também servem pratos típicos.
O voo do dia seguinte, por ser a noite, deu tempo suficiente para visitarmos o Universal Studios. A chuva atrapalhou um pouquinho enquanto tentávamos andar nas montanhas-russas e as poucas horas que tínhamos não foram propícias para aproveitar todo o parque, mas ao meu ponto de vista, a experiência em si, foi incrível!

beijoca!,

Nanda
beijos, Fernanda
5 Comentários