Lifestyle

A vida de Comissária

18/01/2014 • 32 Comentários

Durante o curso de Comissária no Brasil, pude aprender um pouco sobre a rotina da profissão, mas não há nada como vivê-la na pele, não é? Ser comissária exige bastante do nosso corpo e da nossa mente. As viagens contínuas de um continente ao outro bagunçam o nosso “body clock” e o sono se transforma em nosso maior inimigo.

Vou contar um pouquinho da minha rotina pra vocês e explicar um pouquinho da profissão. Vale lembrar que a rotina e as funções que desempenho são diferentes em cada empresa, mas dá pra ter uma noção básica das responsabilidades e dia-a-dia da Aeromoça / Comissário ;).

Todo final do mês, eu recebo o que eles chamam de roster (escala) onde mostram os vôos que irei trabalhar e os lugares para o qual irei. No meu roster, não aparece o nome da cidade ou país, mas sim o código do aeroporto. Por exemplo, se vou para Paris, aparece o código CDG (que significa aeroporto Charles de Gaulle). Juntamente com o nome do aeroporto, posso ver o número do voo, hora de decolagem de Dubai e  hora do pouso em Paris  e o mesmo para o voo de volta.

O mesmo funciona para meus dias de folga, também posso vê-los no roster. Como tripulante, não preciso passar pela imigração da mesma forma que os passageiros passam, mas ainda assim, mostro meus documentos e dou entrada e saída no país, somente de forma mais rápida. Para fazer check-in em um voo, preciso chegar bem antes da hora de decolagem no aeroporto para passar pela imigração, fazer check-in, ir para a área de segurança para então finalmente entrar na sala de briefing e seguir para a aeronave. O briefing é resumidamente uma reunião com todos os tripulantes para que possamos nos conhecer (voamos com uma tripulação diferente em cada voo) , debater sobre assuntos importantes sobre o voo e compartilharmos informações um com o outro.

Terminado o briefing, vamos a caminho do ônibus que nos levará para a aeronave. Uma vez dentro do avião, começamos a desenvolver uma série de procedimentos relacionados à segurança para então, nos prepararmos para o embarque dos passageiros.

A minha parte favorita, é o embarque. É nesta fase que posso dizer a famosa frase “Welcome aboard!”. Recebemos e auxiliamos os passageiros no que precisarem e então começamos as nos preparar para decolar. Durante o voo, temos o serviço de bordo, que varia dependendo do horário do voo. Ao chegar em nosso destino, os passageiros desembarcam e nós vamos para o hotel. Nossa acomodação na cidade para que voamos é organizada pela cia aérea e quando chegamos, ja está tudo pronto, só precisamos ir fazer o check-in :).

Há também dias em que fico de standby, que é uma forma de reserva. O standby pode ser realizado em casa ou no próprio aeroporto, de uniforme e pronta pra voar. No standby, posso ser chamada a qualquer hora para operar em qualquer voo. Geralmente nessas horas, minha mala está equipada com roupas de inverno e de verão, rs!

Ás vezes tenho somente 24h no local pra onde viajo, ás vezes tenho 48h  ou mais, depende de várias coisas como condições de tempo, aeronave, voos e etc. No dia do voo, recebemos o que eles chamam de “wake-up call”, que nada mais é do que uma ligação da recepção do hotel para lhe avisar que em uma hora, devemos estar de check-out feito para irmos para a aeronave e operar o voo de volta. Geralmente quando chegamos no hotel para fazer o check-in, nosso chefe de equipe nos informa o horário da ligação e horário que devemos estar prontos para ir.

A função do comissário de bordo é garantir que seus passageiros façam uma viagem segura e confortável até seu destino. Durante o tempo de voo, é com prazer que administramos o serviço de bordo mas não exitem em recorrer à algum CMS em alguma possível emergência. Eu amo cada pedacinho do meu trabalho e adoro quando as pessoas percebem que podem contar conosco. Acreditem, comissários são muito mais do que “apenas rostinhos bonitos” (rs), passamos por treinamentos intensos e bem puxados, temos todo o conhecimento necessário para agir em uma emergência juntamente com graça e calma.

Como comissária, quando tenho voo, procuro acordar horas antes para poder me preparar com calma e chegar preparada para o voo. Em meus layovers, procuro descansar e conhecer a cidade onde estou o máximo que der. Nem sempre consigo ver tudo, mas me conforta saber que logo poderei voltar àquele mesmo local 🙂 Outra parte legal, é ter uma tripulação diferente em cada voo. São milhares de culturas diferentes trabalhando juntas para um bem comum. Os passageiros também, sempre são de diferentes culturas, o que adiciona mais um ponto para a experiência. Em 6 meses voando, além de conhecer lugares lindos, aprendi a falar pelo menos uma palavra em no mínimo 6 línguas diferentes!

Outra coisa interessante da profissão são os horários, ás vezes chego em casa 3AM, ás vezes 12h e assim vai. Não existe um horário fio por que os voos são sempre diferentes. Isso bagunça nosso body clock, como disse no início, até pela diferença de fusos dos lugares que viajamos mas basta um pouquinho de administração e ajuste e logo estamos novinhos em folha! No dias de folga, procuro ficar com as pessoas que eu gosto, falar com a família e claro, descansar para me preparar para o próximo voo.

Mais do que apenas uma profissão, ser comissário é ter um lifestyle diferente, que exige dedicação e preparo. Eu ainda descubro muitas coisas pelo caminho que vou percorrendo mas uma coisa posso dizer: Tenho de longe a “rotina” mais dinâmica e diferenciada que já conheci, rs.

Espero ter saciado as dúvidas de vocês a respeito da profissão, por favor, deixem nos comentários qualquer outra dúvida que tiverem a respeito e farei meu melhor pra responder 😉

bizu bizu ♥

Nanda

beijos, Fernanda
32 Comentários
Comente via Facebook
Deixe seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
  1. Lunna
    18/01/2014 - 14h50

    Nossa que incrível, estouu com 17 anos e juro q esta sendo a pior parte da minha vida pois nao sei o que quero realmente tenho dúvidas absurdas, ansiedade, expectativas e medo. Espero que eu consiga pelo menos a metade da felicidade que voce tem com sua profissao, parabens!

  2. 18/01/2014 - 15h16

    Seus posts são maravilhosos, vale a pena esperar! Ainda mais pra quem te acompanha desde o intercâmbio, é muito legal ver tudo o que você conquistou!

  3. luiza
    18/01/2014 - 16h13

    Muito interessante seu post Nanda, eu não imaginava como é uma rotina de comissária… você merece tudo o que está conquistando! Continue postando aqui ou mesmo no instagram, para não ficarmos com saudades rsrs..
    beijos

  4. Larissa
    18/01/2014 - 23h27

    Tenho adorado os posts, a unica coisa ruim é que as vezes leva um tempinho para novos aparecerem… Você poderia falar, pode ser bem resumido do treinamento que teve ai? beijos

  5. Amanda
    20/01/2014 - 19h58

    Nanda, esse post veio na hora certa!!! Conheci o seu primeiro blog e fiquei apaixonada com o modo que você escreve rs. Quando soube que você iria para Dubai ser comissária eu simplesmente fiquei mais encantada ainda com essa profissão. Sempre também tive sonho de viajar pelo mundo, falar inglês … Eu li no seu último post do blog “Diário de Intercambista” que você falou que entrou na faculdade, você estava em qual período? Você provavelmente trancou, né? Você se arrepende de deixar a faculdade para ser comissária? Eu pretendo também ser comissária, mais fico com receio de começar a fazer uma faculdade e não terminar… Mais por outro lado, viver essa nova experiencia deve ser um máximo!!! Apesar que nunca é tarde para voltar a faculdade. Estou muito feliz por sua escolha e espero que daqui a alguns anos possa ser eu. =) Beijos Nanda, você merece essa vida =)

  6. 20/01/2014 - 22h36

    Adorei o post, Nanda! Assim como adorei conhecer o Sendo Intercambista e ver como você tentava ao máximo ajudar as pessoas solucionando suas duvidas, você continua com esse mesmo espirito de tentar ajudar aos outros os dando informações sobre o que você faz (que pode servir para eles). Nem vou lhe cobrar para que poste mais vezes porque imagino que você deve ser super ocupada, mas adoro quando vejo no meu e-mail que tem post novo!

    beijos e boa sorte sempre!

  7. Priscilla
    24/01/2014 - 13h39

    Que legal ter notícias suas, Nanda! Fico feliz em saber que você está gostando e aproveitando muito a sua profissão e a nova casa!

    beijos! Boa sorte!

  8. Tamires
    24/01/2014 - 16h37

    Nanda, admiro muito seu trabalho e é ótimo saber que você está feliz e realizada com a profissão que escolheu. Só tenho 18 anos, mas é certo que pretendo me empenhar ao máximo para poder participar do Open Day aos meus 21 anos. :’) Espero que você ainda esteja na Emirates e que, um dia, possamos voar juntas. Até lá, bons voos!

  9. Manoela
    24/01/2014 - 19h58

    Estou tão feliz por você, minha querida. As vezes eu desanimo com a ideia de ser comissaria, mas quando entro aqui e me deparo com as suas lindas palavras, a vontade volta de novo. Minha vida está como a da @Lunna (a do 1º comentario), sempre tenho dúvidas absurda e fico com medo de fazer a escolha errada, e olha só para você, toda feliz com a sua profissão :).
    Acho que esse ano mesmo eu to indo para a suíça, lá pretendo aprender francês e inglês, fazer uma faculdade… e decidi de vez o que fazer da vida.
    Não vou te cobrar poste porque sei que você não tem tempo, mas só quero que você saiba que me rouba um sorriso do rosto sempre quando da sinal de vida.
    Beijos flor, que Deus te ilumine sempre!
    Muito amor e luz!!!

  10. 28/01/2014 - 02h02

    Oi Nanda (: parabéns por tudo, você merece. Fiquei supermega encantada com a sua vida, e ela acabou se tornando meu sonho. Fiquei bem curiosa e fui procurar umas coisas na internet sobre como entrar na Emirates.
    Você bem que podia mostrar as fotos que teve que enviar para eles e o modelo do seu curriculo em inglês, rs. Ah, e não sei porque, mas tenho uma super vontade de te ver falando inglês. Nos apresente uma cidade quando der, em inglês. Por favooor *.*
    Obrigada.
    Tudo de bom.

  11. Geovana Gladis
    28/01/2014 - 13h47

    Olá Nanda!!
    Eu fico imensamente feliz de ver todas as suas conquistas, e que vive momentos que tanto almejou.
    Assim como tantas meninas que comentam seus posts, eu tb sou cheia de dúvidas e incertezas e ficaria mto feliz se vc um dia, pudesse nos contar como foi o seu curso para aeromoça, principalmente a parte pratica. E mais que isso, gostaria que dissesse o que diferencia uma aeromoça que viaja internacionalmente e outra com voos nacionais. É só pelo curso de inglês, ou é realmente necessário, assim como vc teve, uma experiencia com a lingua?
    Bjos!
    Que eu, vc e todas as meninas possamos concretizar nossos sonhos!!
    Fique com Deus!

  12. Mel
    31/01/2014 - 03h49

    Nanda, você me inspira muito, desde o seu intercâmbio eu acompanho seu blog, li ele todinho, eu acho espetacular o jeito como você conseguiu tudo que sonhou. Quando leio seus posts, tenho mais esperança em alcançar meus sonhos. Foi com o seu blog que minha vontade de fazer intercâmbio ficou mais forte, e deu um orgulho de ver você trabalhando no que gosta e fazendo aquilo que todo intercâmbista ama: viajar! Você é demais garota, você brilha sempre que aparece e você merece cada gota de felicidade que você tem, espero que você conquiste todos os seus sonhos e que seja muito, muito, muito feliz!

  13. Bea
    06/02/2014 - 23h10

    gostei muito do post, muito elucidativo! e vê-se mesmo que voce está apaixonada pelo seu trabalho, o que é de louvar nos dias de hoje.
    Beijos de Portugal, e continue a postar!

  14. Sophia
    22/02/2014 - 14h56

    Nanda, venho lando seu blog a um tempinho ja, e com suas historias sempre me da mais vontade de viajar o mundo. Te recomendo um livro maravilhoso sobre um memoir de uma mulher que viajou o mundo, acho que voce vai gostar. O nome é “Wanderlust, A love affair with five continents” by Elisabeth Eaves

    • 08/04/2014 - 07h46

      Oi Sophia, tudo bem? Muito obrigada pela sugestão! Na minha última viagem, tive o prazer de comprar o livro e estou amando!! Um grande beijo!

  15. Héllem Almagro
    11/03/2014 - 03h24

    Oii Nanda
    Comecei a ler sobre você faz uns dias e fiquei surpresa com tudo. Parabéns!!
    Fiquei muito curiosa sobre sua profissão ainda mais porque ainda não consegui escolher uma (rsrs – tenho 17). Eu queria saber porque você escolheu essa companhia aérea? Você tinhas outras opções?

  16. 14/03/2014 - 03h42

    Nanda, é sempre tão inspirador acompanhar a sua jornada e ver alguém conquistando um sonho…. literalmente “Voando Alto” . Toda positividade eu desejo a você… ♪ 😀

  17. Luana
    23/03/2014 - 15h23

    Nanda, eu amo de mais seus posts, eles só me inspiram cada vez mais a seguir meus sonhos, conhecer o mundo e correr atras do meu tão sonhado intercâmbio. Espero que você sempre consiga realizar seus sonhos e seja muito feliz!

  18. Sabrina
    24/03/2014 - 20h29

    Meu Deus, Nanda! Li seu primeiro blog inteiro em um dia, e é tão incrível acompanhar todos esses passos da sua vida, seu amadurecimento e suas conquistas! Seu blog é um dos melhores de intercâmbio que já encontrei. Confesso que me emocionei ao ler sobre sua volta para o Brasil, pois sei exatamente qual é a sensação 🙁 Enfim, estou tão feliz de saber que você conseguou ser comissária e viajar o mundo, pois é exatamente o meu sonho. Desejo tudo de bom pra você. Abraços

  19. 30/03/2014 - 23h00

    Ola Nanda, sonho em ser comissário de bordo como voce e trabalhar para emirates. Pesquisando sobre o assunto encontrei seu blog que me ajudou muito. Li toodos os seus posts, ate mesmo os do blog anterior, sobre seu intercâmbio. Hoje estou na Irlanda, realizando meu intercâmbio, aprendendo inglês e espero um dia ser comissário de bordo como você. Tenho voce como exemplo. Desejo tudo de bom na sua carreira e espero um dia te conhecer pessoalmente. Beijo e um grande abraço

  20. mariana
    05/06/2014 - 14h17

    Olá Fernanda,tudo bem? gostaria de saber se na Emirates eles são muitos rigorosos com a altura, porque fui fazer minha inscrição no site e minha altura é 1,57m e nas pontas dos pés, não alcancei a altura que eles pedem. E se você puder passar mais informações também ficarei grata. 🙂

    bjs

  21. 05/06/2014 - 19h46

    Encontrei o seu blog e adorei!

    http://carinasaysbradshaw.blogspot.pt/

  22. 05/06/2014 - 19h58

    Olá Fernanda! tudo bem? gostaria de saber mais sobre sua experiência como comissária de bordo da Emirates! seria de grande ajuda… mesmo! (:
    Podemos conversar via email? biancakrug91@gmail.com
    Espero um contato! muito obrigada!
    beijos!

  23. Raphaela
    05/06/2014 - 20h20

    Estou adorando o blog!! Viajei pela Emirates e me apaixonei pelo uniforme das comissárias, é tão lindo e elegante!!! E adorei ver uma brasileira compartilhar todas essas experiências, muito legal mesmo!! Mas me diga, como que você organiza a vida pessoal? Famílias, amor, e amigos?
    Adorei mesmo o blog!!
    Bjos, e sucesso pra você!!! <#

  24. Anônimo
    26/06/2014 - 21h55

    OIiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii !!
    Nossa ,não acredito que encontrei um blog com tamanha qualidade ..

    Preciso de sua ajuda …
    Aguardo seu contato em.

    Obrigado…..

    Sucesso FERNANDA>>>>>>>>>>>>>>>>

    • Anônimo
      27/06/2014 - 12h24

      Ahhhh desculpa, meu nome é Rodrigo…kkk

  25. Amanda
    19/09/2014 - 23h03

    Olá Fernanda! Me chamo Amanda e tenho 18 anos, estou decidida de que quero ser Comissária de Bordo e meu sonho é trabalhar na Emirates! Você poderia responder uma perguntinha que estou em dúvida? Sobre a seleção de pessoas para tentar entrar na empresa, eu posso tentar lá em Dubai mesmo? Ou tem que ser no meu país de origem? Obrigada desde já, espero que daqui alguns anos nós nos encontremos em algum voo!

  26. Jennifer
    25/09/2014 - 14h34

    Oi Fernanda! Que Linda você, adorei o blog e confesso que agora vou acompanhar sempre. Sempre quis ser Comissária de Bordo, mas confesso que por não falar inglês ficava com um pé atrás mas agora estou planejando um intercâmbio e estou bem confiante de que vou voltar falando inglês (assim espero). Tenho uma dúvida com relação a ser Comissária de Bordo, algumas pessoas dizem que durante o curso você vai para selva testar sua sobrevivência e que é preciso saber nadar. Quando era criança me afoguei e tenho trauma de piscina e qualquer coisa relacionada a muita água junta, eu entro mas não fico pulando e nem tentando nadar até porque não sei. Mas afinal precisa saber nadar ou não? Obrigado pelo lindo blog, Beijos!

  27. Francisco Osterne
    14/02/2015 - 17h12

    Nanda,
    Parabéns pela sua atitude!
    Historiadora dos céus e das terras.
    Sempre quando viajo observo quanto experiência acumulada o(a)s comissário(a)s possui(em).
    Fiquei feliz ao ver que uma comissária compartilha está riqueza com todos.
    Sinto vontade de estar na mesma situação que você.

  28. Gabriela
    14/04/2015 - 20h54

    Olá Nanda, boa tarde! gostaria de saber se para ser comissária precisa do Inglês logo de cara???

  29. 15/08/2015 - 02h30

    Oiii tenho 25 anos, 1,57 com essa altura posso fazer o curso? E a respeito de construir uma família é possível para uma comissária ? Devido os horários puxados?

  30. Talita silva
    02/05/2016 - 03h19

    Oi Nanda!! Quem é responsável por passar o briefing?